Literatura | Poesia | Coração sem amor.

literatura coisa de mulher poesia coração sem amor luzia couto
Mesmo se o tempo parar e sol esfriar
Meu coração nunca deixará de lembrar
Da noite em que se foi sem ao menos me olhar.

Sonhar não é proibido nem viver de ilusão
Mas chorar o tempo todo por um amor
Passa a ser obsessão e isto faz mal ao coração.

Amar e ser amado faz todo sentido
Mas amar sozinho é o mesmo que
Que não ter amor e amar escondido.

Queria saber de tudo e tudo conhecer
Assim saberia bastante e conheceria você
Olharia em seus olhos escutaria seu coração.

Leria sua mente investigava sua alma
Traria você de volta e nunca mais o deixaria
Até meus sonhos se tornarem realidade.

Mas um amor como este nunca existiu
Apenas na cabeça de alguém que se iludiu
Pensando existir amor da parte de alguém
Que nunca lembrou do amor que o outro nutriu.




Texto de Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele sem autorização prévia e expressa da autora. Os Direitos estão assegurados nas Leis brasileiras e internacionais de proteção à propriedade intelectual e o desrespeito estará sujeito à aplicação das sanções penais cabíveis.

literature | poetry | Loveless heart.

Even if the time to stop and cool sun
my heart will never cease to remember
the night that was without even looking at me.

Dreaming is not forbidden or live illusion
but cry all the time for love
becomes obsession and this is bad for the heart.

Love and be loved makes sense
but love alone is the same as
do not have love and love hidden.

I wanted to know everything and know everything
so I know enough and you would know
would look in your eyes listen to your heart.

Would read your mind investigating his soul
bring you back and never leave
even my dreams come true.

But a love like this never existed
only in the head of someone who has eluded
thinking there is love in someone
ever remembered the love that the other nourished.


Luzia Couto text. Copyright reserved to the author. The copying, collage, reproduction or disclosure of any kind whatsoever, the whole or part without the prior and express authorization of the author. Rights are guaranteed in the Brazilian and international laws of intellectual property protection and disrespect will be subject to the application of appropriate penalties.

literatura | poesía | corazón sin amor.
Incluso si el tiempo para detenerse y sol fresco
mi corazón nunca dejará de recordar
la noche en que fue sin siquiera mirarme.

Soñar no está prohibido o ilusión en directo
pero llorar todo el tiempo para el amor
se convierte en obsesión y esto es malo para el corazón.

Amar y ser amado tiene sentido
pero sólo el amor es el mismo que
no tienen el amor y el amor oculto.

Yo quería saber todo y saberlo todo
así que sé lo suficiente y que sabría
se vería en sus ojos escucha a tu corazón.

Leería su mente la investigación de su alma
traer de vuelta y que no deje
incluso mis sueños se hacen realidad.

Pero un amor como este nunca existió
sólo en la cabeza de alguien que ha eludido
pensar que hay alguien en el amor
que se recuerda el amor que la otra nutrida.

Luzia texto Couto. Los derechos de autor reservado al autor. La copia, el collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo que sea, la total o parcial sin la autorización previa y expresa del autor. Derechos están garantizados en las leyes nacionales e internacionales de protección de la propiedad intelectual y la falta de respeto estarán sujetos a la aplicación de sanciones apropiadas.