Breaking

Literatura | Poema | O sobrevivente.

Antes que eu nascesse o dia escureceu e o sol se foi, deixando lugar para a lua que de mansinho sorriu no céu, era noite de abril quando meu primeiro choro ecoou no mundo. A felicidade tomou conta do recinto e a alegria era contagiante, desde os mais velhos aos mais moços saudaram a pequena vivente, desde então vou sobrevivendo a tudo e a todos.

Nascer não era parte de meus planos, mas como ninguém manda nada na vida, eu nasci e aqui estou teimando e insistindo em viver, com o tempo fui aprendendo que a vida as vezes não é justa com seus herdeiros, mas que ver o claro do dia e a lua a bailar no céu é maravilhoso. Sorrir é custoso para mim mas chorar é algo forte e o faço sem esforços.

Crescer em meio ao campo e os animais é lindo, colher as flores silvestres e poder experimentar o doce de seu néctar é fantástico, mas olhar o sol se pôr e saber que nada foi feito para justificar aquele belo dia de sol é injusto. Criança polivalente, que acredita ser capaz de tudo e pode fazer acontecer, mesmo que na base do grito é um sonho de mágica que devia ser verdade.

Herdeiro da vida e da morte é sina de todos terrestres, desde os mais moços aos mais velhos, natureza fogo, água, vento, tudo que nasce morre é a lei da terra, ninguém escapa dela. Os humanos morrem, a natureza morre, o fogo apaga, água seca e o vento cessa morrendo todos e a terra ficando. Viver faz parte da história assim como morrer.

O tempo passa as horas são contadas, e os ponteiros galopam apressando a todos, tem hora para tudo comer, dormir, acordar, trabalhar etc. poderia ser diferente viver num mundo sem relógio, onde ninguém precisasse ter hora de nada assim a lua dormia tranquila o sol passeava em outras terras e os humanos seriam mais felizes pensava o sobrevivente.
Texto da escritora Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte desta obra, sem autorização expressa da autora sob pena de violação das Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual.
Saiba mais da autora NESTE LINK 

-Luzia Couto é autora do Romance "Uma prisão no paraíso", E o novo romance O Amor Acontece em Toscana á venda nas livrarias Clube de Autores (Versão Impressa) e Amazon (Versão Digital).



literatura | poesía | La sobrevivir.
Antes de que naciera el día se oscureció y el sol estaba dejando lugar a la Luna sonrió suavemente en el cielo, la noche que fue en abril cuando mi primer grito resonó en el mundo. La felicidad tuvo en cuenta recinto y alegría era contagiosa de más edad más joven de la bienvenida a la vida de la pequeña, ya que voy a sobrevivir a todo ya todos.
Amanecer no era parte de mis planes, pero como nadie le dice nada en la vida que nació y aquí estoy terca e insistiendo en la vida, con el tiempo he aprendido que a veces la vida no es justa a sus herederos, sino a ver la luz del día y la luna a bailar en el cielo es maravilhoso.Sorrir es costoso para mí, pero el llanto es algo fuerte y lo hace sin esfuerzo.
Al crecer en medio del campo y los animales es hermosa cosecha de las flores silvestres y ser capaz de experimentar el néctar dulce de ella es fantástica, pero ver la puesta de sol y saber que nada se ha hecho para justificar ese hermoso día soleado se injusto.Criança que polivalente cree que es capaz de cualquier cosa y puede ocurrir incluso si el grito de la base es un sueño mágico que debe ser verdadera.
Heredero de la vida y la muerte es el destino de toda la tierra desde los más pequeños a la naturaleza más antigua fuego, agua, viento, todo lo que nace muere es la ley de la tierra nadie escapa dela.Os humanos mueren, la naturaleza muere, se apaga el fuego , el agua seca y el viento deja morir todos y ficando.Viver tierra es parte de la historia, así como la muerte.

El tiempo pasa las horas están contadas y punteros galope corriendo todo el mundo tiene tiempo para todo comer, dormir, despertar, trabajar, etc ... podría ser diferente de vivir en un mundo sin mecanismo en el que nadie necesitaba tener tiempo para nada como la luna dormía tranquila el sol caminando en otras tierras y humana sería más feliz pensó que el sobreviviente.

Luzia texto Couto. Los derechos de autor reservado al autor. La copia, el collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo que sea, la total o parcial sin la autorización previa y expresa del autor. Derechos están garantizados en las leyes nacionales e internacionales de protección de la propiedad intelectual y la falta de respeto estarán sujetos a la aplicación de sanciones apropiadas.

literature | poetry | The survivor.
Before I was born the day darkened and the sun was leaving place to the moon smiled softly in the sky, it was April night when my first cry echoed in the world. Happiness took enclosure account and joy was contagious from older to younger welcomed the small living, since I will survive everything and everyone.
Sunrise was not part of my plans but as no one tells anything in life I was born and here I am stubborn and insisting on living, with time I learned that life sometimes is not fair to his heirs, but to see the light of day and the moon to dance in the sky is maravilhoso.Sorrir is costly for me but crying is something strong and do it effortlessly.
Growing up amidst the countryside and animals is beautiful harvest the wild flowers and be able to experience the sweet nectar of her is fantastic but watch the sun go down and know that nothing has been done to justify that beautiful sunny day is injusto.Criança that polyvalent believed to be capable of anything and can happen even if the cry of the base is a magic dream that must be true.
Heir of life and death is fate of all land from the youngest to the oldest, fire nature, water, wind, everything that is born dies is the law of the land no one escapes human dela.Os die, nature dies, the fire goes out , dry water and the wind ceases dying each and ficando.Viver land is part of the story as well as death.

Time passes the hours are counted and gallop pointers rushing everyone has time for everything to eat, sleep, wake, work etc ... could be different to live in a world without Clockwork where no one needed to have time for anything like the moon slept quiet the sun walking in other lands and human would be happier thought the survivor.

Luzia Couto text. Copyright reserved to the author. The copying, collage, reproduction or disclosure of any kind whatsoever, the whole or part without the prior and express authorization of the author. Rights are guaranteed in the Brazilian and international laws of intellectual property protection and disrespect will be subject to the application of appropriate penalties.

Busque por Tag

. desejo ardente # você sabia #2016 #a discussão das frutas #a distancia #a família que fazia pães. #a professora da zona rural #a viagem de Vitor #açucar #adrielli #água #ajuda #ajuda. #alimentação #amor #amor criança. #amor em família #amor forte #amor que morre #amor# essencia #amor#saudade #amores. #Artigo #aventura #aventura # no # bosque #aventuras #aventuras. #beleza #beleza. #beleza.#curiosidades. #bicarbonato #boas festas. #brasileira #buquê #buquê de rosas#e crisântemos.# #cabelos #canção. #cereais #céu sem estrelas #chá caseiro #chuva. #comportamento #Compositora #conto #contos #contos. #contos#historias#romances#aventuras#ficção #contos#historias#romances#aventuras#informação #contos#historias#romances#aventuras#informação. #contos#historias#romances#aventuras#informação#ficção #coração sofredor #coração solitário #corações #culinaria #curiosidade #curiosidades #curiosidades. #curiosidaes #diante do sol #dica #dicas #dicas #curiosidades #dicas. #dicas#culinária #doce olhar #Doiscaminhos #entardecer. #escritoraluziacouto #estrada. #ficção #ficção. #flores #flores. #fogodas paixões #folhas #guerras e paz #historia #historias #homenagem #incertezas #incertezasrazões #infância #informação #insônia #jardim. #lembranças #liberdade #limão. #litaratura #literartura #literatura #livros #luziacouto. #maio #maquiagem #maquiagem. #Maranhão #Maria #Matéria #mensagem #mesmo que eu peça #milagre #mulher #mulher. #Música #natal #natureza #nobre coração #noite #noivas#maria #o homem que dizia não acrediatr em Deus #olhos #onde mora a saudade #os olhos apaixonados #papel alumínio #pedras no caminho #pensamentos #pensamentos2 #pensando #poema #poesia #pratos #prosa #receita #receitas #receitas #dicas#culinária #reflexão #romance #romance. #romances #romances. #romances.. #rosa #roxa # orvalhada #rosas #roseiras em aquarela #saudade #saúde #saúde.#contos. #sementes #sentimentos #sol #solidariedade. #sonhos #tempo. #terceira idade #terra #tipicos#Minas #truque #truques #truques. #uso #verão #versos #vida #vinagre #você sabia #você sabia. #Vulcão A saga do heróico povo brasileiro Alegria no porvir Alimento Alimentos Amigo fiel Amigos amor Amor de aço Amor de vida Aos nossos leitores arte avenida brasil bienal do livro em Aracaju Blogosferas BlogUpp BlogUpp the best of world Bravo sertanejo Brazil Tony Casanova Brazilian Literature careteira de habilitação Choro da liberdade cnh Conto Conto A mala de Juca Pitão crônica cultura Descrição da vida Dica Dicas para leitores Esperança Estória etiquetas sociais para redes sociais Falsidade Ficção formula formula do amor Humor Indicados Informações úteis Isabella literartura literatura Mãe é assim Melhor blogosfera Meninos de Aracajú Menopausa Milho Minha cor minha flor Minha princesa encantada novela das nove o que eles precisam saber sobre elas opinião Perfeita Plumas da alma poema no limiar da primavera poesia Poet of Sergipe Por quem chora a vela Prosa qual imagem voce deixa de si mesmo Rosa do desejo Selma Mendonça será? Sonhos largados Telenovela avenida brasil Tempo Texto texto tudo começa no primeiro gole Valdira Figueiredo Egoismo Verso vida Voto o quarto poder