Breaking

Literatura | Conto | A professora da zona rural.

    A coisa que Cesia mais gostava de fazer era lecionar, ela morava na roça longe da cidade e todas as manhãs ia a pé para a cidadezinha onde dava aulas, adorava sua profissão, os alunos a respeitavam muito e gostava dela. Todas as tardes quando voltava para casa o sol já se punha, a noitinha com o entardecer ela chegava e ia cuidar das flores do jardim da casa de sua mãe, a mãe uma senhora muito trabalhadora que vivia nas lavouras trabalhando com esposo, mas adorava uma casa bem arranjada e sempre muitas flores no jardim na frente da casa, as filhas Cesia e Carolina cuidavam da organização da casa após os estudos. Quando a mãe chegava do mato era só cuidar da comida que já estava no fogão a lenha desde cedo, sempre deixava um caldeirão de feijão e uma chaleira de café com leite sempre aquecidos. A água do chuveiro era a base de serpentina que aquecia a água no fogo de lenha após um banho demorado a janta ia ser preparada, as filhas já sabendo do capricho da mãe mantinha tudo em ordem. Pela manhã antes de Cesia sair tomava um café reforçado pois sabia que só ia comer novamente a noite, talvez tivesse merenda na escola, assim ela vivia sua vida de professora. Tudo que a moça queria era ensinar a seus alunos tudo que ela aprendeu ao longo de sua vida e com muito esforço para conseguir chegar ali e ensinar com sabedoria e dignidade.
O tempo foi passando e Cesia envelhecendo, as irmãs todas já tinham se casado ela continuava na roça na companhia dos pais, não gostava dos barulhos da cidade preferia a vida de roça muito verde e muita paz, os pais plantavam de tudo desde o café até o arroz, cultivava muitas frutas e hortaliças houve uma época que os alunos estavam sem ter merendas por falta de alimentos na cantina, os professores reuniam e levava de suas casas cereais frutas e verduras para alimentar os alunos que em sua maioria era da zona rural e muitos iam sem menos tomar um café preto. A moça pedia a seu pai que a levasse de charrete onde levava vários alimentos e carnes de porco e frango, os alunos ficavam tão agradecidos a ela e aos demais que quando podiam traziam presentes para eles. Sempre ela dizia amo minha profissão sei que ganho pouco, mas este ainda faz milagres, ela havia gastado muito para se formar, na época em sua cidade não tinha escola e só alguns professores particulares lecionavam nas fazendas, teve que ir para uma capital e morar lá até se formar os gastos eram muitos, mas a família a incentivava e mantinha as despesas com ela e as irmãs até formarem todas elas. Quando ela conseguiu esta vaga para lecionar ficou encantada mas precisou de muito empenho e esforço para conseguir suportar as manhãs chuvosas que precisava sair cedinho para estar na escola as 06:30 da manhã nesta época a direção da escola não aceitava o professor chegar menos que 30 minutos antes das aulas iniciarem tinham reuniões sempre. Muita chuva e barro e muito sol quente e poeira foi o que ela enfrentou muitos anos de sua vida.
Com o passar dos anos os pais envelhecendo ela só, estava ficando complicado pra ela ir e voltar sozinha o pai já não estava muito animado a andar tão cedo o peso da idade estava começando a dar sinais, nesta luta diária ela acabou por desistir de ser professora e resolveu ficar só em casa e cuidar de seus pais, quando chegou mais a idade todos os seus amigos estavam se aposentando como professor e ela ainda não tinha se aposentado eles a criticavam ,mas ela nem se importava tinha tudo que precisava para viver, os anos que trabalhou havia guardado todo dinheiro e com ajuda que os pais davam todo mês ela ficaria bem, diante dos cuidados que sempre teve com os pais os irmãos resolveram dar tipo uma pensão a ela, o que ela não aceitou, mas sua mãe tinha uma poupança desde bem jovem, então foi no banco e transferiu este dinheiro para conta dela, ao morrer eles deixaram a filha amparada, ela tinha seus 64 anos quando os pais faleceram, um vereador da época foi até a jovem e disse que ela ia se aposentar como pequena sitiante , com o terreno que herdou dos pais se aposentou e pouco tempo depois apareceu um pretendente a ela, a família foi contra mas ela disse agora é minha vez até aqui eu trabalhei cuidei de nossos pais, agora vou ser feliz com este que me apareceu, o senhor que a pediu em casamento tinha seus 68 anos e já havia se aposentado, eles se casaram continuaram a morar na casa onde ela morava com os pais, Patrício e Cesia cuidavam da casa do jardim e da horta que sua mãe tanto presava, mas a sorte de voltar as salas de aula estava chegando. Ela voltou a dar aulas quando uma amiga foi diretora da escola na zona rural e perto da casa de Cesia haviam feito uma pequena escola, assim ela voltou à ativa depois de muitos anos longe das salas de aula, agora lecionava para os idosos que não tiveram oportunidades de estudar enquanto jovens, os alunos quase todos tinham a mesma idade ou pouco menos que ela. Ainda bem que Cesia nunca se afastou dos livros sempre reciclava e atualizava seus conhecimentos. 
Texto de Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele sem autorização prévia e expressa da autora. Os Direitos estão assegurados nas Leis brasileiras e internacionais de proteção à propriedade intelectual e o desrespeito estará sujeito à aplicação das sanções penais cabíveis.
Lo Cesia le gusta hacer era enseñar, que vivía en el campo, lejos de la ciudad y todas las mañanas sería caminar a la ciudad donde enseñó, amado a su profesión, los estudiantes lo respetaban y le gustó. Todas las tardes cuando llegaba a casa el sol se ha puesto, por la tarde con la noche iba a venir y se haría cargo de las flores del jardín en casa de su madre, la madre una señora trabajadora que vivía en granjas de trabajo con el marido, pero un ser querido casa bien arreglada y siempre un montón de flores en el jardín frente a la casa, las hijas Cesia y Carolina se hizo cargo de la casa de la organización después de sus estudios. Cuando la madre llegó a casa de los bosques fue simplemente el cuidado de la comida que ya estaba en la estufa de leña temprano, siempre dejado una olla de frijoles y hervidor de café con leche siempre caliente. El agua de la ducha era la base de serpentina que calienta el agua en el fuego de leña después de un baño se estaba preparando la cena larga, las hijas ya sabiendo el capricho de la madre mantienen todo en orden. En la mañana antes de Cesia se llevó a cabo un café mejorado porque sabía que sólo sería comer la noche otra vez, tal vez almorzar en la escuela, por lo que vivió su vida de enseñanza. Todo lo que quería era enseñar a sus alumnos todo lo que ha aprendido a lo largo de su vida y mucho esfuerzo para conseguir llegar allí y enseñar con sabiduría y dignidad.
El tiempo pasó y Cesia mayores, las hermanas ya se habían casado con ella continuó en los campos con sus padres, no como los ruidos de la ciudad en lugar de un campo muy verde de la vida y mucha paz, padres plantaron todo, desde café hasta arroz, cultivado muchas frutas y verduras hubo un tiempo en que los estudiantes se quedaron sin picar por falta de comida en la cantina, los maestros juntos y tomaron sus frutos cereales y casas verduras para alimentar a los estudiantes que en su mayoría era del campo y muchos eran no menos tomar un café negro. Le pidió a su padre que la llevara con errores que se llevó a varios alimentos y carne de cerdo y carne de pollo, los estudiantes estaban tan agradecidos a ella y otros que, cuando podrían traído regalos para ellos. Siempre se dijo que el amor de mi profesión saben poco de ganancia, pero esto todavía hace milagros, que había pasado mucho a la forma, en el momento de su ciudad no tenía escuela y sólo algunos profesores privados disertaron en las granjas, tuvo que ir a un capital y vivir allí hasta graduarse gasto eran muchos, pero la familia era alentador y mantiene los gastos de ella y sus hermanas para formar todos ellos. Cuando llegó a este trabajo para enseñar que estaba encantada, pero necesita mucho compromiso y esfuerzo para ser capaces de soportar la lluviosa mañana muy temprano que se necesita para llegar a estar en la escuela 06:30 am esta vez el consejo escolar no aceptó el maestro reciben menos de 30 minutos antes de comenzar las clases se reunió nunca. Una gran cantidad de lluvia y barro y calor del sol y el polvo era lo que se enfrenta a muchos años de su vida.
Con los años los padres de edad avanzada que sólo estaba poniendo complicado para ella ir y volver por sí solo el padre ya no muy contentos de caminar tan temprano el peso de la edad comenzaba a mostrar signos de esta lucha diaria que finalmente dejó de ser era maestro y decidió simplemente quedarse en casa y cuidar de sus padres cuando vinieron más para envejecer todos sus amigos se retiraban como maestra y ella aún no se había retirado criticaron, pero ella no le importaba tenía todo lo que necesitaba para vivir, los años que trabajó habían guardado todo el dinero y ayudar a los padres dan todos los meses que se vería bien en frente de la atención que siempre ha tenido con los padres, los hermanos decidieron escribir una pensión a ella, ella no aceptó, pero su madre tenía ahorros de muy joven, por lo que era en el banco y transferir este dinero a ella, cuando ella murió salieron de la hija con el apoyo, ella tenía sus 64 años cuando los padres murieron, un regidor de la época fueron a la chica y le dijo que iba a retirarse como un pequeño agricultor con la tierra que había heredado de padres jubilados y poco después apareció un pretendiente de su familia estaba en contra pero dijo que ahora es mi tiempo aquí trabajé se encargó de nuestros padres, ahora voy a ser feliz con esta me pareció, el hombre que le propuso matrimonio tuvo sus 68 años y ya se había retirado, se casaron continuó viviendo en la casa donde vivía con sus padres, Patricio y Cesia se hizo cargo de la casa del huerto y el jardín que su madre tanto presava pero la suerte de volver a los salones de clases que venía. Ella volvió a la enseñanza cuando un amigo era director de la escuela en el campo y cerca de la casa Cesia había hecho una pequeña escuela, por lo que regresó a activa después de muchos años fuera de las aulas, ahora se enseña a las personas mayores que no tenían oportunidades para estudiar, mientras que los jóvenes estudiantes, casi todos tenían la misma edad o un poco menos de la misma. Afortunadamente Cesia nunca se apartó de los libros reciclados siempre y atualizava sus conocimientos. 
Luzia texto Couto. Los derechos de autor reservado al autor. La copia, el collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo que sea, la total o parcial sin la autorización previa y expresa del autor. Derechos están garantizados en las leyes nacionales e internacionales de protección de la propiedad intelectual y la falta de respeto estarán sujetos a la aplicación de sanciones apropiadas.
The thing Cesia liked to do was teach, she lived in the countryside away from the city and every morning would walk to the town where he taught, loved his profession, students respected him and liked her. Every afternoon when he came home the sun has set, the evening with the evening she would come in and would take care of his mother's home garden flowers, the mother a hard-working lady who lived on farms working with husband, but loved one house well arranged and always lots of flowers in the garden in front of the house, the Cesia daughters and Carolina took care of the organization's home after their studies. When the mother came home from the woods was just taking care of the food that was already in the wood stove early, always left a bean pot and coffee kettle with milk always warm. The water in the shower was the serpentine base that heated the water in the wood fire after a bath lengthy supper was being prepared, the daughters already knowing the mother's whim kept everything in order. In the morning before Cesia took out an enhanced coffee because she knew it would only eat the night again, maybe have lunch at school, so she lived her teaching life. All that she wanted was to teach her students all she has learned throughout his life and much effort to get get there and teach with wisdom and dignity.
Time passed and Cesia older, the sisters all had already married she continued in the fields with their parents, did not like the city noises rather a very green fields of life and a lot of peace, parents planted everything from coffee to rice, cultivated many fruits and vegetables there was a time that students were without snacking for lack of food in the canteen, the teachers together and took their cereal fruits and vegetables houses to feed the students who mostly was the countryside and many were no less take a black coffee. She asked her father to take her buggy which took several food and pork and chicken meat, the students were so grateful to her and others that when they could brought gifts for them. Always she said love my profession know little gain but this still does miracles, she had spent a lot to form, at the time of his city had no school and only some private teachers lectured on farms, had to go to a capital and live there until graduating spending were many, but the family was encouraging and kept the expenses she and her sisters to form all of them. When she got this job to teach she was delighted but needed a lot of commitment and effort to be able to withstand the rainy morning very early that needed to get to be in school 06:30 am this time the school board did not accept the teacher get less than 30 minutes before classes start had meetings ever. A lot of rain and mud and hot sun and dust was what she faced many years of his life.
Over the years the aging parents she just was getting complicated for her to go and come back alone the father was no longer very excited to walk so early the weight of age was beginning to show signs in this daily struggle she eventually gave up being teacher and he decided to just stay at home and care for their parents when more came to age all his friends were retiring as a teacher and she had not yet retired they criticized it, but she did not care had everything he needed to live, the years he worked had kept all the money and help parents give every month she would look good in front of the care that has always had with the parents, the brothers decided to type a pension to her, she did not accept, but his mother had savings from very young, so it was in the bank and transferred this money to her, when she died they left the supported daughter, she had her 64 years when parents died, an alderman of the time went to the girl and said she was going to retire as a small farmer with the land he inherited from parents retired and shortly afterwards appeared a suitor to her family was against but she said now is my time here I worked took care of our parents, I will now be happy with this it appeared to me, the man who proposed to her had its 68 years and had already retired, they married continued to live in the house where she lived with her parents, Patricio and Cesia took care of the garden house and garden that her mother both presava but lucky enough to return the classrooms was coming. She returned to teaching when a friend was school director in the countryside and near the Cesia house had made a small school, so she returned to active after many years away from the classrooms, now taught for the elderly who did not have opportunities to study while young, students almost all were the same age or just under it. Thankfully Cesia never departed from books always recycled and atualizava their knowledge. 
Luzia Couto text. Copyright reserved to the author. The copying, collage, reproduction or disclosure of any kind whatsoever, the whole or part without the prior and express authorization of the author. Rights are guaranteed in the Brazilian and international laws of intellectual property protection and disrespect will be subject to the application of appropriate penalties.

Busque por Tag

. desejo ardente # você sabia #2016 #a discussão das frutas #a distancia #a família que fazia pães. #a professora da zona rural #a viagem de Vitor #açucar #adrielli #água #ajuda #ajuda. #alimentação #amor #amor criança. #amor em família #amor forte #amor que morre #amor# essencia #amor#saudade #amores. #Artigo #aventura #aventura # no # bosque #aventuras #aventuras. #beleza #beleza. #beleza.#curiosidades. #bicarbonato #boas festas. #brasileira #buquê #buquê de rosas#e crisântemos.# #cabelos #cereais #céu sem estrelas #chá caseiro #chuva. #comportamento #Compositora #conto #contos #contos. #contos#historias#romances#aventuras#ficção #contos#historias#romances#aventuras#informação #contos#historias#romances#aventuras#informação. #contos#historias#romances#aventuras#informação#ficção #coração sofredor #coração solitário #corações #culinaria #curiosidade #curiosidades #curiosidades. #curiosidaes #diante do sol #dica #dicas #dicas #curiosidades #dicas. #dicas#culinária #doce olhar #Doiscaminhos #escritoraluziacouto #estrada. #ficção #ficção. #flores #flores. #fogodas paixões #folhas #guerras e paz #historia #historias #homenagem #incertezas #incertezasrazões #infância #informação #insônia #jardim. #lembranças #liberdade #limão. #litaratura #literartura #literatura #livros #luziacouto. #maio #maquiagem #maquiagem. #Maranhão #Maria #Matéria #mensagem #mesmo que eu peça #milagre #mulher #mulher. #Música #natal #natureza #nobre coração #noite #noivas#maria #o homem que dizia não acrediatr em Deus #olhos #onde mora a saudade #os olhos apaixonados #papel alumínio #pedras no caminho #pensamentos #pensamentos2 #pensando #poema #poesia #pratos #prosa #receita #receitas #receitas #dicas#culinária #reflexão #romance #romance. #romances #romances. #romances.. #rosa #roxa # orvalhada #rosas #roseiras em aquarela #saúde #saúde.#contos. #sementes #sentimentos #sol #solidariedade. #sonhos #tempo. #terceira idade #terra #tipicos#Minas #truque #truques #truques. #uso #verão #versos #vida #vinagre #você sabia #você sabia. #Vulcão A saga do heróico povo brasileiro Alegria no porvir Alimento Alimentos Amigo fiel Amigos amor Amor de aço Amor de vida Aos nossos leitores arte avenida brasil bienal do livro em Aracaju Blogosferas BlogUpp BlogUpp the best of world Bravo sertanejo Brazil Tony Casanova Brazilian Literature careteira de habilitação Choro da liberdade cnh Conto Conto A mala de Juca Pitão crônica cultura Descrição da vida Dica Dicas para leitores Esperança Estória etiquetas sociais para redes sociais Falsidade Ficção formula formula do amor Humor Indicados Informações úteis Isabella literartura literatura Mãe é assim Melhor blogosfera Meninos de Aracajú Menopausa Milho Minha cor minha flor Minha princesa encantada novela das nove o que eles precisam saber sobre elas opinião Perfeita Plumas da alma poema no limiar da primavera poesia Poet of Sergipe Por quem chora a vela Prosa qual imagem voce deixa de si mesmo Rosa do desejo Selma Mendonça será? Sonhos largados Telenovela avenida brasil Tempo Texto texto tudo começa no primeiro gole Valdira Figueiredo Egoismo Verso vida Voto o quarto poder