Breaking

Literatura | Conto | A professora solidaria.


    Leid era uma professora muito conceituada e querida por todos, lecionava em uma escola de muitos alunos carentes, a maioria das crianças eram tão carentes que não tinham condição de desenvolverem bem nos estudos pois na maioria das vezes a única alimentação do dia era feita na escola, quando não tinha aulas ficavam tristes pois não teriam como comer a não ser o que catavam do lixão da cidade, o que deixava Leid muito triste. Ela conversava com as autoridades da cidade, mas nada adiantava, falou com vários professores e pessoas influentes e não adiantou muito ficou só na palavra até ela tomar uma decisão, resolveu cuidar das crianças como se fossem de sua família, dividia tudo que tinha em casa com elas, todos os dias depois da aula levava as crianças até sua casa, depois de dar banho nos menores e colocar roupas limpas as mais velhas se banhavam e também ganhavam roupas limpas, a comida era dividida em partes iguais pois ela também não tinha muito. Depois de comerem elas iam sentar-se embaixo de um pé de manga gigante que tinha no quintal recebiam aulas de reforço, a própria Leid se desdobrava e ensinava com maior carinho, o desempenho dos alunos foi percebido a olhos nu, a direção da escola procurou informar como houve tamanha mudança.
Todos admiravam a coragem da professora, mas ninguém se propunha em ajudar, a pastoral da criança ao saber do fato entrou em contato com Leid e começou ajudar com multe mistura para os de baixo peso e com anemia, conseguiu muitas roupas usadas que ajudaram muito, mas muita coisa precisava ser feita, a maioria das crianças tinham pais dependentes ou sem trabalho fixo, um trabalho difícil para a professora só. Numa reunião da escola a direção e outros pais junto dos outros professores questionaram Leid porque quer abraçar uma causa que não é sua? Ela tentou mostrar a realidade das crianças, mas parecia que eles não queriam enxergar e ainda condenava ela. Os dias passavam ela continuava apenas com ajuda da pastoral, mas era pouco para tantas expectativas das crianças. Depois de falar novamente com o prefeito e vereadores da cidade sem obter nenhum êxito, resolveu apelar para outras autoridades o que deixou furioso o prefeito.
A professora tirou várias fotos das casas onde viviam as crianças e seus pais, depois elaborou um documento pediu a todos os pais que soubessem escrever para assinar depois com autorização dos pais fotografou as crianças junto de seus pais e anexou ao documento. Pegou uma licença de dois dias na escola, deixou uma vizinha responsável para cuidar das crianças para ela e se foi. Foi até a assembleia do estado procurou por deputado amigo dela, e mostrou tudo explicou e pediu ajuda, o que muito alegrou o deputado fato por ele ser uma pessoa do bem, abraçou a causa junto dela e começaram o trabalho. A professora voltou caladinha não contou a ninguém, continuou trabalhando normalmente e com as crianças do mesmo jeito, passado um mês da visita a assembleia o deputado apareceu na cidade e colocou a mão na massa literalmente junto da professora e os pais dos alunos. O prefeito ficou sabendo e se irritou com Leid mas as autoridades estavam com ela agora, depois de 03 meses de trabalho conjunto eles conseguiram comprar um terreno pequeno mas o suficiente para fazer barracos pré fabricados para todos com água luz rede esgoto e ainda conseguiram móveis de brechó em bom estado para todos, as igrejas empenharam em conseguir roupas calçados cobertores e vasilhas, a comunidade toda se reuniu e conseguiram cestas básicas para todos por um bom tempo, as empresas locais deram trabalho aos homens as mulheres a prefeitura contratou para limpeza do novo bairro que a professora acabava de inaugurar com o nome de solidariedade, a escola se envergonhou tanto que resolveu ajudar contratou as mães que não sabiam ler nem escrever além do trabalho teriam também aulas para aprenderem. Depois de tudo que Leid conseguiu com seu esforço e boa vontade as crianças a adotaram como mãe Leid, o que fez a professora ainda mais feliz pois não tinha filhos. A comunidade a nomeou como defensora das crianças e dos pobres, onde tinha uma pessoa carente Leid estava presente, a prefeitura se desculpou com ela assim como todos que ignorava seu trabalho.


Texto escrito por Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte desta obra, sem autorização expressa da autora sob pena de violação das Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos

Busque por Tag

. desejo ardente # você sabia #2016 #a discussão das frutas #a distancia #a família que fazia pães. #a professora da zona rural #a viagem de Vitor #açucar #adrielli #água #ajuda #ajuda. #alimentação #amor #amor criança. #amor em família #amor forte #amor que morre #amor# essencia #amor#saudade #amores. #Artigo #aventura #aventura # no # bosque #aventuras #aventuras. #beleza #beleza. #beleza.#curiosidades. #bicarbonato #boas festas. #brasileira #buquê #buquê de rosas#e crisântemos.# #cabelos #cereais #céu sem estrelas #chá caseiro #chuva. #comportamento #Compositora #conto #contos #contos. #contos#historias#romances#aventuras#ficção #contos#historias#romances#aventuras#informação #contos#historias#romances#aventuras#informação. #contos#historias#romances#aventuras#informação#ficção #coração sofredor #coração solitário #corações #culinaria #curiosidade #curiosidades #curiosidades. #curiosidaes #diante do sol #dica #dicas #dicas #curiosidades #dicas. #dicas#culinária #doce olhar #Doiscaminhos #escritoraluziacouto #estrada. #ficção #ficção. #flores #flores. #fogodas paixões #folhas #guerras e paz #historia #historias #homenagem #incertezas #incertezasrazões #infância #informação #insônia #jardim. #lembranças #liberdade #limão. #litaratura #literartura #literatura #livros #luziacouto. #maio #maquiagem #maquiagem. #Maranhão #Maria #Matéria #mensagem #mesmo que eu peça #milagre #mulher #mulher. #Música #natal #natureza #nobre coração #noite #noivas#maria #o homem que dizia não acrediatr em Deus #olhos #onde mora a saudade #os olhos apaixonados #papel alumínio #pedras no caminho #pensamentos #pensamentos2 #pensando #poema #poesia #pratos #prosa #receita #receitas #receitas #dicas#culinária #reflexão #romance #romance. #romances #romances. #romances.. #rosa #roxa # orvalhada #rosas #roseiras em aquarela #saúde #saúde.#contos. #sementes #sentimentos #sol #solidariedade. #sonhos #tempo. #terceira idade #terra #tipicos#Minas #truque #truques #truques. #uso #verão #versos #vida #vinagre #você sabia #você sabia. #Vulcão A saga do heróico povo brasileiro Alegria no porvir Alimento Alimentos Amigo fiel Amigos amor Amor de aço Amor de vida Aos nossos leitores arte avenida brasil bienal do livro em Aracaju Blogosferas BlogUpp BlogUpp the best of world Bravo sertanejo Brazil Tony Casanova Brazilian Literature careteira de habilitação Choro da liberdade cnh Conto Conto A mala de Juca Pitão crônica cultura Descrição da vida Dica Dicas para leitores Esperança Estória etiquetas sociais para redes sociais Falsidade Ficção formula formula do amor Humor Indicados Informações úteis Isabella literartura literatura Mãe é assim Melhor blogosfera Meninos de Aracajú Menopausa Milho Minha cor minha flor Minha princesa encantada novela das nove o que eles precisam saber sobre elas opinião Perfeita Plumas da alma poema no limiar da primavera poesia Poet of Sergipe Por quem chora a vela Prosa qual imagem voce deixa de si mesmo Rosa do desejo Selma Mendonça será? Sonhos largados Telenovela avenida brasil Tempo Texto texto tudo começa no primeiro gole Valdira Figueiredo Egoismo Verso vida Voto o quarto poder