Poesia | Dois corações.

Um beijo roubado,
um olhar apaixonado,
dois corações e um amor eterno.
Amor, este que deixava...
os corações batendo descompassados,
sem mistérios e sem culpas, ali juras de amor trocaram.
Amor que jamais morreria, mesmo que o mundo acabasse, naquele dia,
era sim um amor puro, inocente e sincero.
Dois corações cheios de amor e duas vidas que ali se juntavam, pois a cada segundo vivido, seria por aquele amor que nascia de um olhar e viveria para sempre naqueles corações.

Texto da escritora Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte desta obra, sem autorização expressa da autora sob pena de violação das Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual.

Saiba mais da autora NESTE LINK

-Luzia Couto é autora do Romance "Uma prisão no paraíso", E o novo romance O Amor Acontece em Toscana á venda nas livrarias Clube de Autores (Versão Impressa) e Amazon (Versão Digital).